Planos para o quintal

Os próximos passos para a revitalização-construção do meu quintal serão:

    1. Plantar ervilha para auxiliar na nitrogenação do solo. É possível conferir mais um pouquinho do assunto aqui: Funções do nitrôgenio Já havia colocado uma semente para germinar, só que ontem, depois de dois dias fora de casa, encontrei ela secando :/ Provavelmente foi o tempo muito quente e seco. Aqui não chove faz semanas…
    2. Tomate em baldes –  Na minha primeira tentativa de plantar tomates em 2010/2011, tive dois “dificultores”: lesmas que comiam os tomates mais perto do chão e um inseto, que inicialmente eu achava que era pulgão, mas depois de fazer uma pesquisa na internet, achei que se assemelhava mais com a cochonilha. Há algum tempo atrás vi umas imagens de tomates suspensos e logo considerei que poderia ser uma alternativa para fugir das lesmas e cochonilhas. Na semana passada encontrei esse link que é um pequeno tutorial sobre como plantar tomates assim. 5830_542238119129379_1505598080_n 555858_551293368223854_1273655306_n
    3. Plantar mais uma árvore no quintal de trás (o que já tem o pé de acerola) – Como é um espaço pequeno, estava pensando em plantar uma árvore de pequeno porte, pensei em um mamoeiro. (Aceito sugestões! :) )
    4. Plantar batatas ou outra raiz para afofar o solo. O solo do meu quintal é constituído basicamente de barro por ter sido aterrado antes de virmos para cá e é muito compacto. Considero que esta quarta etapa será essencial para um dia meu quintal se tormar um lugar “plantável”
      Último registro da ervilha no dia 20/01/2014

      Último registro da ervilha no dia 20/01/2014

      (Aproveito o post para dizer que agora os registros com foto serão mais complicados, utilizava a câmera do celular para fotografar, mas ontem meu celular foi roubado. (Segunda vez em menos de um ano. Segunda vez em um sábado de manhã indo para o trabalho…) Ainda tenho alguns registros que não vieram para o blog… o ruim é que um período vai ficar sem os registros… )

Anúncios

  1. Se, como você diz, o “quintal de trás” possui pouco espaço, você acredita ser uma boa ideia plantar outra árvore? Penso que uma única árvore e alguns canteiros (como a ótima ideia dos tomates) podem ser mais interessantes, principalmente com um bom planejamento.
    Acho a ideia da batata sensacional; macaxeira também me parece uma boa solução para isso. Ouvi recentemente o relato de um terreno que foi aterrado com barro e hoje possui terra boa; essa transformação aconteceu com bastante tempo, mas foi basicamente “compostagem livre” (a pessoa jogava sobras de alimentos e misturava com folhas de árvores no chão livre, e depois começou a espalhar bastante serragem de madeira sobre o solo). Hoje é um terreno úmido, com minhocas e terra preta.

    =]

      • Pois é, realmente acho que o ideal é deixar espaço para a “aceroleira” (ra de re, de hebe tu de hebere seibiunouba mahabi, an de bugui an de buididipi).
        A principal dificuldade que vejo para projetos como o seu é o ethos da instantaneidade que nos atravessa por conta dessa civilização do agora; mas tenho certeza que você conseguira ótimo resultados desses seus esforços, basta se inspirar na regeneração de florestas e áreas verdes, sempre lentas e constantes. Fazendo um pouquinho cada dia (uma simples regada nas plantas diária, uma cata de parasitos mensal, uma adubação anual…), tenho certeza que você terá o quintal que deseja, e o melhor: você fará parte do processo!

        =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s